Ouça agora

Ao vivo

Vasco perde para o Coritnhians de virada e pode terminar a rodada no Z-4
Destaque
Vasco perde para o Coritnhians de virada e pode terminar a rodada no Z-4
Em arbitral, FERJ divulga tabela do Campeonato Carioca 2024
Botafogo
Em arbitral, FERJ divulga tabela do Campeonato Carioca 2024
Portuguesa acerta com o atacante Hernane Brocador, ex-Flamengo
Esportes
Portuguesa acerta com o atacante Hernane Brocador, ex-Flamengo
Rompimento de adutora em Nova Iguaçu causa mais um adiamento da manutenção anual do Sistema Guandu
Destaque
Rompimento de adutora em Nova Iguaçu causa mais um adiamento da manutenção anual do Sistema Guandu
Prefeitura premia 35 empresas e instituições que promovem a diversidade e a inclusão na cidade
Rio de Janeiro
Prefeitura premia 35 empresas e instituições que promovem a diversidade e a inclusão na cidade
Parque da Cidade celebra seis anos de fundação
Angra dos Reis
Parque da Cidade celebra seis anos de fundação
Governo do Estado investe mais de R$ 253 milhões em obras de infraestrutura em São Gonçalo
Estado
Governo do Estado investe mais de R$ 253 milhões em obras de infraestrutura em São Gonçalo

Dia Nacional da Língua: Mais de 150 livros foram distribuídos nas escadarias do Palácio Tiradentes

A Alerj promoveu a ação para comemorar o Dia da Língua Nacional, que é comemorado em 21 de maio
Foto: Divulgação/Alerj

A Assembleia Legislativa do Estado do Rio (Alerj) em parceria com a Imprensa Oficial do Rio, distribuiu nesta sgunda-feira (22), mais de 150 livros nas escadarias do Palácio Tiradentes, sede histórica do Parlamento Fluminense, no Centro do Rio. A ação celebrou o Dia da Língua Nacional, que é comemorado em 21 de maio, e foi intitulada como “Alerj Literária”.

Foram distribuídas obras de autores como Ken Follet, R. L Stine, Marina Colasanti, José de Alencar, Lima Barreto, Álvares de Azevedo, Lygia Fagundes Telles e Arnaldo Niskier.

– A nossa ideia com essa ação foi aproximar a população do Legislativo e disponibilizar a escadaria do Palácio Tiradentes para que os fluminenses pudessem vir, ler e pegar um exemplar. Os livros foram doados pela Imprensa Oficial do Rio e nós cedemos o espaço. Somos uma Alerj literária e a leitura é fundamental para a construção da cidadania – declarou a diretora do departamento de Cultura da Casa, Fernanda Figueiredo.

Um grupo de funcionários do Programa Mais Leitura, da Imprensa Oficial, orientou as pessoas na escolha das obras. O programa oferece livros dos mais variados gêneros. Caso o leitor queira adquirir um exemplar fora da ação, o programa conta com três agências fixas e uma versão itinerante que percorre os municípios do Estado do Rio.

– A Imprensa Oficial compra esses livros para tocar o programa. Estamos muito felizes de estar aqui hoje – concluiu o gerente do Mais Leitura, Wallace Marins.